Belezas

Relacionamento Sério

Espero que você goste desse artigo. Psicólogos recomendam ser honesto e aberto com o parceiro para o bem do relacionamento. Isso significa saber quando é hora de falar e quando é a de ouvir. Embora às vezes tenham personalidades, opiniões e gostos semelhantes, ainda carregam uma bagagem histórica e cultural distinta. Como a possibilidade de esclarecer suposições é inexistente, a ansiedade e o medo vêm. Eles passam a questionar a fidelidade do parceiro e a força do vínculo afetivo entre eles. Para que duas pessoas dialoguem com qualidade, ambos precisam estar presentes.

Maduro procura casal 632787

More About Speed

Universidad Católica del Uruguay. Foram identificados 21 temas, divididos em 4 eixos constitutivos do modelo: indivíduo, contexto, processos adaptativos e qualidade conjugal. Os processos adaptativos tiveram papel central, sendo que as relações entre os eixos indivíduo e contexto e o eixo qualidade conjugal perpassam esses processos. Ressalta-se a merecimento dos processos adaptativos nas intervenções com casais e recomenda-se que a pertinência do modelo adotado continue sendo investigada no Brasil. Palavras-chave: relações conjugais, casório, qualidade conjugal, indivíduo, contexto. Abstract: Marital relationships have been widely investigated. Key Words: marital relations, marriage, marital quality, individuality, context. Resumen: Las relaciones conyugales han sido ampliamente investigadas, sin embargo, hay poca claridad sobre el busca, definición y contextualización teórica del concepto de calidad conyugal. Así, este estudio buscó aclarar el constructo calidad conyugal proponiendo dimensiones que elucidan la intersección de temas relacionados con el individuo, el contexto y los procesos adaptativos, desde la perspectiva de las parejas.

Outros artigos com Tags semelhantes:

Utilizou-se um delineamento exploratório, de abordagem qualitativa e transversal. Em todas elas o amor foi associado ao apoio, curiosidade, respeito e confiança, bem como sua vivência evidenciada pela troca de carinhos. Especificamente na adolescência, os relatos apontaram para um amor com características restante efêmeras, porém os participantes destacaram que estavam aprendendo a se relacionar. Entre os adultos se evidenciou um aplicação caracterizado como sólido e maduro, além-mundo do compartilhamento de sonhos e planos para o futuro. We used an exploratory design with a qualitative and cross-sectional approach. Nine adolescents, nine adults, and eight elderly, who had been in a love relationship for at least six months, were selected for convenience. RESUMEN El presente trabajo propósito investigar la percepción del amor, comprendiendo como este sentimiento es vivido en las relaciones amorosas en distintas etapas del desarrollo - adolescencia, adultez y vejez. Fue utilizado un delineamiento de exploración, de enfoque cualitativo y transversal.

19 20 21 22 23
Comentário

Leave a Reply