Virtual

O safado do amigo do meu marido me comeu

Lendo uma matéria na internet descobri que existem sites onde as pessoas podem contar seus segredos anonimamente. Ele sugeria publicar meu relato num site de contos eróticos. Me chamo Karen pseudônimo que utilizo.

Mulheres busca confusão 553155

85 comentários em “USOU EU DE PUTA E HUMILHOU O MEU MARIDO”

Nossas transas resumem a uma média de uma por mês. Dormimos juntos, mas é como se estivéssemos separados, quanto falei com raras transas. Ele mesmo sugere, mas eu recuso o consolo. Nas raras transas, até que eu gozo com ele, mas demoro ter vontade de dar para o Dagmar novamente. Meu marido sempre falou que gostaria de ver eu transando com outro, ou pelo menos um relatório dessa metida.

Contos Eróticos

Por contos Elaine, minha esposa, tem 28 anos, é advogada criminal, e esposa de uma beleza estonteante com seus longos cabelos loiros e lisos, rosto delicado, sorriso provocante, 61kg perfeitamente distribuídos por seus 1,73m, seios grandes, com deliciosas marquinhas de biquíni, cintura fina e coxas grossas. Algum tempo depois, o rapaz foi conduzido, algemado, por um policial, que saiu e fechou a porta. O garoto se encontrava visivelmente alterado, os olhos vermelhos quanto se estivesse drogado. Para alguém de vinte anos, o garoto parecia ser bem subdesenvolvido. Maltrapilho, de baixa físico, quase raquítico, cheio de hematomas pelo rosto e sem boa parte dos dentes.

CONFISSÕES DE UMA MULHER CASADA - 1

Permalink Oi pessoal. Meu nome é Aline. Tenho 23 anos, sou loira, olhos verdes, 1,70m, sou magra, com uma bunda pequena e durinha, mas seios grandes, brancos, com biquinhos rosa, que sempre enlouqueceram meu namorado. Nunca fui atirada.

Mulheres busca confusão 82451

Esposa advogada transando com um bandido

Sabrina, Julia, Bianca… Batizadas com nomes femininos, as coleções de livros que Traziam romances açucarados nos idos anos conquistaram mulheres com tramas quase inocentes. Um contraste com as narrativas sem pudores de uma escritora do mesmo período, Cassandra Rios Escrita pela britânica E. Assim como E. Para a escritora e filósofa Carol Teixeira, trata-se de mais um reflexo do momento de debate envolvendo as questões das mulheres, que ganha força desde — o chamado novo feminismo. Natural que totalidade esse empoderamento que, felizmente vemos hoje em dia, reverbere para esse maior interesse no tema. Delas para elas. Bia Rodrigues, criadora do fórum, representa bem o perfil dessa nova consumidora. A designer de 25 anos sempre flertou com a escrita nas horas vagas, mas confessa que tinha vergonha de se aventurar a tocar no assunto sexo.

440 441 442 443 444
Comentário

Leave a Reply